As casas egípcias como em toda a sociedade egípcia dependia da classe social de cada família e isso também incluíam não só os egípcios, mas todas as suas divindades. Casas (templos) enormes eram construídos para homenagear e adorar os Deuses. As casas eram construídas de materiais mais simples, e as pedras eram reservadas para construções maiores que tinham como um dos objetivo resistir ao tempo. Há indícios que algumas casas foram construídas com papiros, mas isso não era comum.

Segundo MILLARD (1975, p. 18, 19) “As casas mais  pequenas e mais pobres dos egípcios eram provavelmente feitas de juncos, madeira e barro. Possivelmente possuíam apenas uma divisão e não eram muito confortáveis, mas forneciam abrigo nas noites frias e protegiam-nos das tempestades de areia. Toda as outras casas, até mesmo os palácios, eram feitas de tijolos de barro. Os trabalhadores misturavam a lama rica e pegajosa do Nilo com areia, ou cortavam palha em pedaços para obterem a consistência necessária. Geralmente colocavam os ingredientes numa cova e misturavam-nos, pisando-os. O barro era então colocado em moldes retangulares e secava sob o sol forte. As colunas e os telhados eram de madeira, mas as bases das colunas, as soleiras e ombreiras das portas poderiam ser de pedra. Nas casas maiores, as paredes eram estocadas e pintadas de cores vivas. As janelas eram pequenas e situadas perto do teto, mas a luz do sol era tão forte, que entrava claridade suficiente.”


Representação de uma casa mais simples – Acessado: http://www.greenscollectables.com/proddetail.asp?prod=N25


“As casas dos trabalhadores de Tell el-Amarna (Localidade que funcionou como capital do Antigo Egito durante o reinado do Faraó Akhenaton) não tinham jardins, mas possuíam as mesmas divisões básicas das casas grandes. A sala exterior abria para a rua. Era nela que entravam os visitantes e aí trabalhava o dono da casa, se fosse artesão. A sala central era a zona de convívio principal, para onde se levavam e recebiam os amigos. Na parte de trás havia um pequeno quarto de dormir, uma cozinha e uma escada para o telhado. As mulheres e as crianças passavam a maior parte do tempo no telhado, onde era mais fresco. Um pequeno quiosque ou uma cobertura protegiam-nas do sol. Cozinhava-se fora de casa para reduzir o perigo de incêndio.” (MILLARD, 1975, p. 19)


Vila de trabalhador de Deir el-Medina – Acessado: http://egyptian-mysteries.com/sites/default/files/medina.jpg



Segundo MILLARD (1975, p. 22) “Nas cidades, o espaço era pequeno. Por isso, as casas eram altas, estreitas e muito juntas. Algumas tinham três ou quatro andares. Mas no campo, onde havia muito espaço, os egípcios ricos construíram casas de campo grandes e bonitas, com jardins frondosos. Erguiam altos muros em volta delas para que as pessoas não pudessem ver o interior […] Eram belamente decoradas e mobiliadas. As pessoas ricas possuíam camas, mesas, cadeiras, bancos e armários de madeira, de todos os formatos e tamanhos. Os assentos das cadeiras e dos bancos eram frequentemente feitos de couro ou de palhinha. A mobília de luxo era feita de madeiras, tais como ébano e cedro.”


Desenho de uma vila com casas de nobres – Acessado: http://www.philae.nu/akhet/Housing2.html



MILLARD (1975, p. 42) ainda nos fala que “Os egípcios acreditavam na existência de inúmeros deuses e deusas que se ocupavam de todas as suas necessidades. Mas, ao longo dos séculos, sempre consideravam Amon o mais poderoso. Existiram vários sacerdotes, sacerdotisas, bailarinos e cantores que serviam essas divindades. Os deuses possuíam vastas propriedades e grandes oficinas, tal como os nobres humanos. Os templos egípcios, as casas dos deuses, tinham o mesmo plano básico. Entrava-se por um portão imponente e penetrava-se num ou mais largos pátios abertos. Por trás destes, havia uma vasta sala de altas colunas, toda pintada e decorada. O santuário ficava ao fundo. Aí se conservava a estátua divina num altar. Todos os dias, os sacerdotes faziam oferendas de comida, roupas e incensos ao deus. As pessoas comuns não podiam penetrar nos templos. Mas os sacerdotes podiam levar recados para o deus, pedindo-lhe ajuda e conselho. Em certos festivais, a estátua do deus era colocada dentro de um pequeno barco dourado e transportada através das ruas pelos sacerdotes.


Templo de Philae, na ilha de Agilika



Existiam ainda os palácios reais, que eram construídos a mando do faraó e serviam para abrigar toda a sua família, incluindo esposas secundárias, descendentes e todos os funcionários que trabalhavam no palácio. O faraó podia ter inúmeros palácios e costumavam-se mudar de um para outro com uma certa freqüência. Na sua maioria ficavam dentro dos complexo dos templos.

Autor: Lucas Ferreira

Fontes / Referências:

– BAINES, John; MALIK, Jaromir. Cultural Atlas of Ancient Egypt. London: Andromeda Oxford Limited, 2004.

– HART, George. The British Museum Pocket Dictionary of Ancient Egyptian Gods and Goddesses. British Museum Press, 2001.

– MCDONALD, Angela. The Ancient Egyptians: Their Lives and Their World. Published by The British Museum Press, 2008.

– MILLARD, Anne. The Egyptians (Peoples of the past). London: MacDonald & Company, 1975.

– MORLEY, Jacqueline; SALARIYA, David. How Would You Survive As an Ancient Egyptian?.  London: Orchard/Watts Group, 1999.

– SHAW, Ian. The Oxford Illustrated History of Ancient Egypt. Oxford: Oxford University Press, 2000.

Sites / Referências:

http://www.reshafim.org.il/ad/egypt/

http://www.oxfordexpeditiontoegypt.com/

http://scriptorium.lib.duke.edu/papyrus/

– http://www.philae.nu/akhet/Housing2.html

Links Relacionados, Confira..

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Escritor do Livro “A Lei do Sofrimento“. Apaixonado pelo Antigo Egito e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.

11 Comments

  1. Valeu Lucas! Me ajudou bastante!
    Cara só uma coisa, enquanto eu não recebia a sua resposta eu fiquei fazendo pesquisas, e em uma imagem eu fiquei com a impressão de que Gizé possui mais prédios do que casas. Agora eu gostaria de saber se você acha que eu estou certo ou errado?

    • avatar Administrador

      Olá Vinícius, tudo bom? Eu não tenho uma estatística da construção civil de Gizé em mãos, mas, visualmente, parece haver mais prédios do que casas sim.

      Até mais.

  2. Outra coisa Lucas!
    Quando digo as características (como fiz na última pergunta) quero dizer como você descreveria o local.
    Hoje eu gostaria de saber como você descreveria o Cairo e seu Aeroporto Internacional.

    • avatar Administrador

      Olá Vinícius, tudo bom? Gizé é uma grande mistura de construções (muitas inacabadas), assim como em todo o Egito. Lá, é muito comum as famílias morarem na mesma casa, sendo assim, sempre deixam os “ferros” da fundação a amostra, esperando o casamento dos filhos. Quando você olha o panorama geral, acha que faltou dinheiro para acabar a obra. Há também belíssimos hotéis e resorts, mas a predominância são as casas, prédios e lojas.

      O Cairo não foge a regra descrita acima e o Aeroporto Internacional, segue os mesmos padrões dos aeroportos espalhados pelo mundo.

      Até mais.

  3. Fala Lucas!
    Cara você que esteve no Egito a pouco tempo, sabe me dizer quais são as principais características de Gizé e das casas localizadas lá?

  4. avatar kaiane

    eu gostaria de saber como é um a planta baixa das casas egipicias, se puder me ajude por favor !

    • avatar Administrador

      Olá Kaiane, tudo bom? As casa egípcias variavam de formas e tamanhos dependendo do status que cada um tinha na sociedade egípcia. Os mais pobres, tinham casas simples, de poucos cômodos, já os mais ricos possuíam grandes casas com belos jardins. Nesses dois links aqui http://www.philae.nu/akhet/Housing2.html / http://www.philae.nu/akhet/Housing1.html você pode ver algumas plantas e descrições das casas (em inglês). Espero ter ajudado, Até mais.

  5. avatar marcos

    este site e muito bom adorei.

    • avatar Administrador

      Olá Marcos, tudo bom? Fico feliz que tenhas gostado do site. Abraço! Até mais.

  6. EU ADOREI ESSE SITE E ME AJUDOU NO MEU TRABALHO

    • avatar Administrador

      Olá Isabella, tudo bom? Fico feliz que o site tenha lhe ajudado. Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Nome *

Site

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s